tipos de agua

Tipos de Água

Existem diferentes tipos de Água de acordo com sua procedência. A seguir você poderá informar-se acerca dos tipos de água mais comuns que podemos encontrar, como água de rede potável, agua de lençol freático ou de poço.  

Agua de Rede Potável

Estudos realizados em nosso país indicam que a contaminação não só se encontra nas águas de poço. De fato, as más condições das instalações domiciliárias internas (tubulações, tanques cisternas e tanques elevados ou de reserva) podem determinar o surgimento da contaminação ou um sensível aumento da contaminação existente, independentemente das condições da fonte de água a considerar.
Um dado que deve ser considerado é que, por causa da escassez, a água que provém de fontes superficiais (rios, lagoas e represas) se mistura com águas de poço, o que provoca a presença de nitratos nela, resíduos da atividade mineira, arsênico por questões atribuídas à geologia do terreno, e os denominados SPD (subprodutos da desinfeção) que são gerados pela ação do cloro quando entra em contato com a matéria orgânica.

Água de Lençol Freático ou de poço

Os lençóis freáticos são reservas naturais de água subterrânea que durante milênios tem satisfeito as necessidades dos seres humanos. Em nossa época, lamentavelmente, sua confiabilidade se viu reduzida a níveis alarmantes.

Situações similares se apresentam em outros países da América Latina, onde ainda hoje existe uma importante porção da população que não só carece de água potável, mas também que obtém água através de perfurações até os lençóis napas freáticos, algum deles tem um elevado grau de contaminação, e nos quais a contaminação bacteriológica é a de maior influência e perigo no corto prazo.

Há dois fatores básicos que intervém na sua contaminação:

 

  • A filtração de água de superfície: As práticas contaminantes que são geradas pelos seres humanos, industrial e pessoalmente, produzem resíduos diários e prejudiciais para a saúde humana e ambiental. Os efluentes líquidos contaminantes que são jogados sem tratamento prévio -por parte das indústrias- nos rios e riachos, assim como os resíduos  domiciliários que não são devidamente discriminados, são causantes da contaminação da água de lençol freático proveniente das águas superficiais.
  • Agricultura e pecuária: Estas duas áreas econômicas têm bastante incidência, tanto na quantidade de consumo de água que são necessárias para seus produtos finais quanto na contaminação das águas. O uso excessivo de fertilizantes orgânicos e inorgânicos que se utilizam na agricultura pode levar a que o resíduo sobrante que não é utilizado seja dirigido tanto às aguas superficiais quanto às subterrâneas. No caso da pecuária, contribui com contaminação dos lençóis freáticos pela filtração do produto da decomposição do excremento dos animais, os quais chegam até as profundidades arrastados pelas chuvas.
  • Fossa negra ou séptica: Este último fator é, de longe, o de maior incidência. Por esse motivo é que os agentes mais importantes que contribuem com a deterioração da água são biológicos e não químicos. São originados principalmente pelas fezes humanas ou de animais e estão representados pelas bactérias, parasitas e vírus. Esses micro-organismos podem produzir efeitos nocivos ao ser humano –por vezes, muito graves- e se manifestam através de diversas doenças tais como infeções parasitárias, cólera, febre tifoide e hepatite.
X